domingo, 27 de dezembro de 2009

26/12/2009 12:22:08 CALILA NOTÍCIAS Músico da Banda Calcinha Preta morre e show em Coité é cancelado






Gilson Pereira de Almeida, 47 anos, o "Gilson Batata", contra-baixista da banda Calcinha Preta, morreu ás 19h30min de sexta-feira (25) em Caicó. A causa provável do falecimento é infarto.

A banda estava hospedada no Hotel Regente, para um show que aconteceria à noite no Iate Clube da cidade, ás 19h.

De acordo com informações de uma enfermeira que o atendeu e falou por telefone com o repórter do CN, o músico comentou que desde a manhã vinha sentindo dores no peito, mas só resolveu procurar um médico quando não conseguiu mais suportar a dor.

A festa já estava acontecendo com outras bandas de apoio e quando a notícia chegou, os organizadores cancelaram.

A última apresentação pública do artista foi no programa especial de Roberto Carlos, que foi ao ar na noite da mesma sexta-feira, na Rede Globo e o baixista Gilson Pereira de Almeida ( foto ao lado ), morreu antes do programa ser exibido.

O que uma coisa tem a ver com a outra? - A banda, que estava em Caicó onde faria um show a noite, gravou participação no show do Rei. Gilson iria se ver na Globo, ao lado de Roberto Carlos...mas morreu antes.

O músico fez uma declaração para seus amigos que estava bastante emocionado por ter tocado ao lado do Rei Roberto Carlos que era seu grande sonho e que se morresse naquele momento, moreria feliz.

Gilson era baixista e produtor do grupo há oito anos. Os músicos da banda estão consternados com a morte e não quiseram falar com a imprensa.

Cancelado o show em Coité - O próximo show da banda seria na noite de sábado (26), no Arena Show, localizado no Povoado de Lajinha, distante cinco quilômetros da cidade de Conceição do Coité e a presença da banda foi cancelada, porém os organizadores mantêm a festa e será substituída pelo grupo “Mulheres Perdidas”.

O empresário que contratou a banda, firmou o compromisso com os organizadores do evento, que em outra oportunidade, o grupo Calcinha Preta estará no área no Arena, fazendo um show para todos que possuírem as camisas da festa.

Reação dos colegas - Os cantores da banda, Paulinha, Ana, Silvana, Bel e Marlos, estiveram na UNIMED para prestarem o último adeus ao amigo e deixaram o local chorando muito e emocionados. Um deles lembrou que ele era o melhor no que fazia.

De acordo com o médico Thiago Dias, que atendeu o músico, a causa presumível para a morte foi infarto.

O corpo será embalsamado em Caicó, e depois encaminhado para seu Estado de origem que é Sergipe.

Uma das produtoras da banda, disse ao CN, apenas que era um momento muito difícil para todos, e que a assessoria de imprensa iria publicar uma nota e divulgar no site. "A família dele ainda não está acreditando. Eles estão em estado de choque", comentou.

A banda Calcinha Preta, têm diversos shows para realizar até o final do ano de 2009, e início de 2010, mas os músicos estão tentando cancelar parte deles.

Sepultamento - O corpo de Gilson Pereira foi transladado às 2 horas da madrugada de hoje em um veículo da Funerária Santa Clara para Aracaju.

Casado, natural de Banzaê na Bahia, iria completar 48 anos de idade no dia 10 de maio e Integrava a Banda Calcinha Preta desde a fundação.

O atestado de óbito apontou que o músico morreu de insuficiência respiratória aguda e infarto agudo do miocárdio.

No início da noite, antes de seguir para o Iate Clube aonde a banda iria se apresentar, ele foi convencido pela produtora Luzziane Oliveira dos Santos, a ir de táxi até o Pronto Atendimento da Unimed.

Lá uma auxiliar de enfermagem verificou a pressão arterial que estava alta e o mesmo foi atendido pelo médico plantonista.

Foi medicado e ficou em observação médica e em um determinado momento levantou da cama e foi ao banheiro onde caiu morto. O médico plantonista Tiago Dias e auxiliares de enfermagem tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram.

A morte do artista foi confirmada ás 19h40min e o sepultamento será realizado em Aracaju.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário