quarta-feira, 7 de julho de 2010

Mais um homicídio na cidade de Jacobina


Fabrício da Silva Brito, 31 anos, natural do povoado de Cachoeira Grande. Centenas de curiosos tomaram conta das mediações do local do crime.
A “Cidade do Ouro” vive mais uma cena trágica, e novamente no Bar do Pascoal, à rua Alberto Torres, no bairro dos Índios. Nesta terça feira (6), por volta das 14h, o jovem Fabrício da Silva Brito, 31 anos, natural do povoado de Cachoeira Grande, município de Jacobina, foi friamente executado com tiros pelas costas, disparados por um desconhecido.
Segundo informações da polícia, ele era conhecido na cidade por fazer agiotagem e já tinha passagem pela polícia. Populares informaram que um homem entrou no bar pela porta lateral e efetuou três disparos contra a vítima. O corpo caído em decúbito dorsal, numa poça de sangue.
“Agora só a perícia pode dar maiores informação sobre os disparos e a causa da morte”, disse um policial. O corpo foi encaminhado para o IML onde será feita a necropsia e posteriormente liberado para familiares. Fabrício morava na Rua José Marcellino, também no bairro dos Índios.
No dia 20 de agosto de 2009, no mesmo bar foi assassinado com vários tiros de pistola 380 o jovem Carlos Roger Ferreira Tínel, o Gê, 24 anos, que morava no bairro da Serrinha.
Fonte: Tribuna Regional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário